Empreendedoras inovam em negócio itinerante

Produtos exclusivos e diferenciados têm agregado valor a esse modelo antigo de comercializar produtos

Era preciso oferecer mais do que a simples massa frita recheada com chocolate ou doce de leite, comumente encontrados nos carrinhos de churros, quando as amigas cearenses Lis Silveira e Irene Aguiar resolveram criar sua própria forma de comercializar a guloseima. Depois de uma temporada morando em Nova Iorque, em 2013, as empreendedoras aproveitaram os conhecimentos adquiridos por Lis no ‘French Culinary Institute’ para criar o carrinho Spot Churros.

Num tempo em que não existiam food parks e food trucks em Fortaleza, Lis testava receitas e Irene definia estilo e conceito da nova empresa. A experiência das duas fora do país mostrou que era preciso criatividade para consolidar o negócio como uma iniciativa inovadora. Foi a partir daí que surgiu a marca gastronômica, com layout, formatos, receitas, embalagens, estratégias e ingredientes diferenciados capaz de agradar até mesmo aqueles que não gostavam do alimento.

A administradora do negócio, Irene, explica que a ideia é sempre oferecer algo novo para os clientes. “Costumamos perguntar o que eles gostariam de experimentar e ficamos de olho no que sai no mercado”, explica. Como estratégia para chamar a atenção de amantes de churros, a confeiteira desenvolveu recheios inéditos e ousou ao propor aos cearenses saborear a massa cilíndrica com cobertura e toppings (confeitos de finalização). Ao todo, são dez tipos de coberturas e nove toppings à escolha dos clientes.

No início, elas optaram por trabalhar com a modalidade gastronômica conhecida como food cart, uma espécie de cozinha móvel que é configurada na rua para facilitar a comercialização de comidas de rua. Devido a grande demanda, a Spot Churros inaugurou a primeira loja em junho deste ano. Isso sem abandonar a marca registrada da empresa. Dentro do novo estabelecimento existe um ‘cart’, para não perder o conceito.

Segundo a empresária, no início, tudo era produzido e comercializado apenas por microempreendedoras. Além de tudo ser produzido no carrinho que funcionava com energia elétrica “emprestada” de um morador, cuja casa se localizava em frente ao ponto das amigas. Hoje, uma equipe de 13 profissionais garante a oferta de churros dentro e fora da cidade.

Lis Silveira e Irene Aguiar
Lis Silveira e Irene Aguiar

Churros Itinerantes

A ideia começou modesta, mas com a capacidade das duas de inovar, logo o Food Cart Spot Churros ganhou nome e público cativo em Fortaleza. Hoje, três carrinhos itinerantes atendem eventos corporativos, aniversários, food parks e até casamentos, proporcionando um faturamento necessário para montar a primeira loja física.

Iniciada no tempo em que não existiam food parks e food trucks na capital cearense, junto à criatividade das duas empresárias, mostrou-se essencial para consolidar o negócio. E foi ocupando grandes centros urbanos de Fortaleza, que a empresa consolidou-se na gastronomia cearense.

 

Matheus Cavalcante

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s